Como o Estresse Afeta Nosso Corpo

Você já parou para pensar em como o estresse pode estar afetando o seu corpo e sua mente neste momento? Saiba que mais de 60% das pessoas, entrevistadas pelo Verdeate, se sentem paralisadas por causa do estresse crônico.

E pelo menos 50% dos entrevistados, em uma outra pesquisa científica, relataram que não conseguiram dormir pelo menos uma noite em um mês por causa do estresse.

E mais, o estresse também é um dos principais fatores que desencadeiam a fadiga e o desânimo intenso, tornando as pessoas muito menos produtivas e infelizes.

Pensando na nossa saúde, o estresse não pode ser desprezado. O estresse contínuo pode gerar uma série doenças, entre elas incluem: doenças cardíacas, problemas no sistema imunológico e uma série de alterações hormonais que podem desencadear consequências sérias e preocupantes.

Um quadro de estresse recorrente aumenta as tensões musculares, os problemas cardíacos, a pressão alta, arritmia, depressão intensa e doenças graves.

Pessoas estressadas são menos dispostas e, geralmente, apresentam cansaço extremo, sem disposição para o trabalho, para a prática de atividades físicas e tudo acaba por gerar um efeito bola de neve, que somente amplia o estresse.

Crises de enxaquecas também podem surgir do estresse, impedindo o desempenho de qualquer atividade dignamente. Dores de cabeça crônicas são angustiantes e só quem já passou por essas situação sabe o quão difícil é se manter concentrado nestas condições.

O aumento ou ganho de peso também pode estar relacionado ao estresse. Pessoas estressadas tendem a ser mais impulsivas e compulsivas. A compulsão por comer, para aliviar a ansiedade, também é um dos sintomas de pessoas estressadas.

Além disso, um quadro de ansiedade intenso provoca a retenção de gordura, piorando o estado de saúde do paciente, aumentando por sua vez o estresse.

O estresse também pode desencadear problemas digestivos preocupantes, causando diarreias, dores estomacais e abdominais, além de provocar o desejo de urinar excessivamente.

Pessoas com estresse crônico são mais propensas a terem falta de memória, de concentração, além de prejudicar suas habilidades cognitivas, tornando seu aprendizado muito mais dificultoso.

Mas, então, quais seriam as maneiras de reduzirmos o estresse e voltarmos a ter uma vida mais tranquila?

Nem sempre é fácil eliminar completamente o estresse, pois este poderá estar diante de inúmeras situações diárias, presentes no trabalho e nos relacionamentos.

Mas podemos mitigar seus efeitos e balanceá-lo, tornando a vida mais leve e calma.

Uma das principais formas de combater o estresse é a prática de atividades físicas. Apenas 20 a 30 minutos de exercícios poderão produzir a quantidade de endorfina necessária para reduzir o estresse.

Meditação. Meditar com regularidade também poderá ajudar a manter os níveis de estresse controlados.

Massagens regulares. Reserve um tempinho na sua agenda para receber massagens relaxantes com mais frequência. Os benefícios da massagem são muito vastos e o principal deles é o relaxamento, sem mencionar o alívio das tensões, tornando-nos muito mais tranquilos e relaxados.

Coma melhor. O hábito de se alimentar bem com comidas saudáveis irá ajudá-lo a enfrentar as dificuldades da sua rotina e a encarar melhor o estresse. Ingira a quantidade de vitaminas necessárias, você será mais resiliente, pois estará abastecendo o seu corpo com comida de qualidade.

Durma melhor. Estabeleça uma rotina do sono. Tente dormir mais cedo em um ambiente calmo, escuro e confortável. Faça a higiene do sono. Assim você terá noites de descanso muito mais reparadoras, acabando com estresse excessivo.

Um Comentário

  1. Renato Santos
    19 de abril de 2020
    Reply

    O estresse é o causador de todos os males nessa nossa vida moderna. Tudo é urgente e deve ser resolvido com rapidez… Estamos sufocados em nossos relacionamentos, no trabalho e isso gera muita ansiedade e preocupação, desencadeando o estresse. Levar uma vida mais calma, lenta é o segredo da longevidade. Parabéns pelo artigo, muito esclarecedor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *