8 Benefícios da Massagem para Crianças com Autismo (Transtorno do Espectro Autista – TEA)

Entre nossas experiências e vivências com a aplicação da massagem em crianças, especialmente as diagnosticadas com transtorno do espectro autista (TEA), também conhecido como autismo, é impressionante a quantidade de relatos com experiências extremamente positivas.

Os benefícios são muitos vastos, incluindo melhoras significativas na tolerância ao toque, recalibragem emocional, aumento da concentração, fortalecimento das conexões sociais e melhoria na qualidade do sono.

1- Aumento da Concentração.

A melhora na concentração e no engajamento de crianças submetidas a massagens é incrível. A massagem, por si só, ativa a circulação sanguínea, incentiva o relaxamento e diminui o estado de agitação da criança, tornando-a muito mais focada, mesmo depois de finalizada a sessão da terapia.

2- Melhora da iniciativa para o aprendizado.

A massagem tem o fenomenal poder de acalmar e relaxar as pessoas. Diante disto, após uma sessão de massagem, a criança com autismo estará muito mais apta e disposta a executar atividades de aprendizado, melhorando sua desenvoltura e suas habilidades criativas e cognitivas, tornando-a muito mais disposta a aprender tarefas novas.

3- Redução da ansiedade.

Uma criança com autismo tem uma vida repleta de momentos de alto nível de ansiedade e estresse, que vão surgindo mesmo diante de tarefas rotineiras e simples do dia a dia. Frequentemente, apenas pequenas mudanças em sua rotina já provocam um estado de ansiedade excessivo e maléfico.

A massagem, nestes casos, ajuda a liberação de hormônios específicos como a serotonina, que aumentam o bem-estar e o sentimento de segurança, atuando no sistema parassimpático, acalmando o sistema nervoso.

4- Incremento das interações sociais.

A maioria das crianças diagnosticadas com transtorno do espectro autista (autismo) tem a tendência de se isolar, brincando sempre sozinhas com pouca interação com outras crianças, assim com uma demasiada aversão ao toque.

A massagem, neste caso, funciona como um estímulo ao toque, pois é prazerosa. É positiva. Fazendo com que, aos poucos, a criança com autismo vá se acostumando com o toque, melhorando sua interação com outro ser humano, melhorando sua sociabilidade.

interacao social massagem

5- Melhoria das habilidades de comunicação.

A combinação da massagem, uma terapia altamente relaxante, juntamente com a comunicação iniciada pelo massagista, de forma coordenada e planejada, é uma excelente forma de aumentar as habilidades de comunicação em crianças com autismo.

O simples fato de a criança estar recebendo uma massagem, ao mesmo tempo em que conversa com o profissional preparado, já estimula a concentração e a encoraja para interação, forçando-a melhorar sua capacidade comunicativa, de forma natural, vivenciando uma experiência agradável e produtiva.

As crianças são estimuladas a vocalizar, a utilizar melhor sua comunicação corporal para expor o que sentem e o que desejam para, por exemplo, exteriorizar quais os tipos e formas de massagem que mais lhes agradam.

6- Aumento do vocabulário.

A medida que as habilidades de comunicação são melhoradas, temos o aumento do vocabulário das crianças com autismo.

Em experiências próprias, com apenas alguns meses de terapia com massagens regulares, incentivando a comunicação em todas as sessões, notou-se um incrível aumento na quantidade de palavras diferentes citadas por essas crianças, evidenciando o aumento do vocabulário e retenção do aprendizado.

7- Melhor adaptabilidade às mudanças.

Os toques e o conforto trazido pela massagem têm fornecido a essas crianças mais confiança e melhor preparação para as mudanças em suas rotinas, tornando-as mais aptas e, até mesmo, dispostas às transformações que ocorrem ao longo da vida.

8- Melhoria na tolerância ao toque.

A aversão ao toque pode ser realmente um grande problema para parentes e pessoas que convivem com crianças diagnosticadas com autismo.

Na massagem, o toque já possui outra acepção, pois traz bons sentimentos, com o alívio do estresse, a diminuição da ansiedade e a intensificação do estado de calma e tranquilidade do paciente.

Com essa nova abordagem trazida pela massagem, a criança fica menos ansiosa e mais propensa a ser tocada, curtindo mais a sessão terapêutica; sendo uma alternativa muito eficaz para desenvolver uma abordagem positiva ao toque, ampliando os relacionamentos e a confiança da criança.

Portanto, a crença inicial de que crianças com autismo não gostam de ser tocadas não é totalmente verdadeira, apesar de que o autismo possa ser caracterizado como um disfunção do sistema sensorial, tornado seus portadores pessoas com aversão a certos tipos de contato, sons, cheiros e sinais.

Na experiência prática, muitos profissionais massagistas e terapeutas, assim como pais e familiares têm nos reportado que a massagem terapêutica direcionada tem trazido muitas melhorias para aqueles considerados estarem dentro do espectro autista.

O importante é que pais e terapeutas devem se conscientizar de que cada caso é único e que cada criança com autismo tem suas necessidades específicas e seu tempo de resposta ao tratamento.

O respeito à individualidade de cada um é essencial para o sucesso dos procedimentos, observando os sinais da criança autista, ao longo do tratamento com a massagem, é possível obter a personalização dos cuidados, assim como a definição do que funciona ou não, trazendo resultados surpreendentes apenas com um plano de massagem bem elaborada.

Um Comentário

  1. Elizângela Almeida
    12 de abril de 2019
    Reply

    É sensacional saber quão poderosa a massagem pode ser quando bem empregada. Tenho um caso de autismo na família e, realmente, a aversão ao toque é latente e muito forte. Também acho que uma massagem em um ambiente tranquilo e sem pressão irá, pelo menos, dessensibilizar mais o autista, tornando também mais disposto a interagir e ser tocado por outras pessoas, com mais confiança, melhorando sua sociabilidade e, por fim, sua qualidade de vida.
    Adorei!! Vou recomendar este artigo para minha prima. Quem sabe ela se anima a ajudar ainda mais seu filho com um tratamento de massagem direcionado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *