A Massagem Pode Aliviar Sintomas em Alergias

Muitas pessoas sofrem de alguma forma de alergia. E a massagem terapêutica pode ser uma ótima maneira de aliviar os sintomas de alergias diversas, além de auxiliar na recuperação da saúde de uma forma generalizada também.

Alergias são reações dos nossos organismos quando em contato com substâncias estranhas, como por exemplo alergias respiratórias, de contato, digestivas e outras.

Quando uma reação alérgica ocorre, nossos organismos, como resposta, acabam produzindo anticorpos e lançam em nossas correntes sanguíneas substâncias químicas, como a histamina, um componente bioquímico proveniente de respostas imunológicas.

As histaminas lançadas em nossos sistemas circulatórios acabam, por sua vez, ativando uma resposta anti-inflamatória que pode ser entendida como uma reação alérgica.

As causadores de alergias mais comuns são: poeira, medicamentos, picadas de insetos, pólen, plantas e alguns tipos de comidas.

Neste sentido, a função da massagem é muito importante no alívio destes sintomas e reações alérgicas, assim como gerar maior relaxamento aos pacientes, aliando o bem-estar ao processo de cura proveniente dos toques e manobras das massagens.

Através do contato, do toque e movimentos combinados, a massagem tem o poder de rearranjar os receptores nervosos abaixo da pele, ativando e estimulando o sistema nervoso, traduzindo-se na melhora do humor, com um aumento dos níveis de dopamina e serotonina.

A massagem também atua acalmando o paciente alérgico pois interfere de maneira benéfica na estimulação do sistema nervoso parassimpático, reduzindo de maneira significativa os índices de hormônios do estresse, como a adrenalina e o cortisol, sendo estes encontrados nos desencadeamentos alérgicos.

Sendo assim, a massagem promove a estimulação da secreção de hormônios naturais, como a endorfina, que funciona com um remédio natural, ajudando a aliviar as reações e sintomas alérgicos.

Outro benefício é que a massagem relaxante também muda o estado cerebral, com aumento da produção de ondas alfas cerebrais, que produzem um intenso quadro de relaxamento.

Em síntese, com o nível reduzido de hormônios do estresse combinado com um quadro de relaxamento, temos uma melhora significativa da resposta imunológica do corpo, atenuando as reações alérgicas sempre presentes em alguns indivíduos.

Outros benefícios também são obtidos, como a diminuição da glicemia (baixo teor de açúcar no sangue), aumento da imunidade a gripes e resfriados, melhora das funções pulmonares e outros; todos obtidos com a ajuda da massagem, que reduz de modo consistente as reações, sintomas e alergias.

Podemos ainda mencionar os efeitos do relaxamento da mente que ajudam na recuperação de processos alérgicos, aumentando a eficácia do sistema imunológico, que por si só, já mitigam os sintomas alérgicos mais comuns e corriqueiros.

Existem alguns tipos de massagem mais indicados para aliviar as reações alérgicas. Entre eles podemos indicar: a massagem facial, massagem no peito, nas costas e a própria reflexologia podal.

massagem-facial-alergia

A reflexologia é ótima maneira de relaxar o sistema nervoso, ajustando a mente em um estado de tranquilidade, calma e descanso. Este quadro de relaxamento profundo é obtido graças aos toques realizados em pontos estratégicos, inclusive inerentes às alergias, localizados na planta dos pés.

Por exemplo, a massagem realizada nos dedões do pé são ótimas para desbloqueio das cavidades nasais nos seios da face, melhorando as reações alérgicas respiratórias.

Já problemas alérgicos envolvendo os pulmões, peitos e brônquios podem ser aliviados com a compressão e massagem na parte central das plantas do pés, ajudando na redução das congestões nasais, típico sintoma de alergia respiratória.

Também é possível acalmar a respiração do paciente, ativando os pontos abaixo dos peitos dos pés.

Quando massageados, a respiração se torna mais lenta, calma e tranquila, reduzindo a agitação, acalmando e relaxando de forma sustentável, sendo uma excelente terapia complementar – sem eliminar o tratamento médico adequado – para amenizar os quadros alérgicos crônicos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *